segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

A primeira vez que falo de você

Confesso que já ousei mais... Com o passar do tempo devido aos dedos calejados de tropeço, não arrisco hoje a dizer a que venho.
Senão por dizer que acaba de me inspirar.
Pode ate parecer irônico pois o dom com as palavras não me falha muito.
Escrever é bom... escrever com pensamento em ti é emocionante pois a cada letra teclada, a palavra escrita, transformada, mesmo que singela, me faz suar entre os dedos naquela expectativa de agradar.
Então em uma pausa para buscar algo pra descrever você e... fugiram as letras.
Ainda não tivemos aquela conversa aconchegante onde gestos e gargalhadas se transformam em demonstração de afeto, carinho ou apenas amizade.
Não importa, o importante é que gosto de ver você, aos meus olhos, é, tão doce, tão singular... ímpar.
Adorei pensar em o que escrever e melhor ainda... sobre você!

0 comentários: